Labels

SUPPORT JULIAN ASSANGE

Thursday, July 9, 2015

Português -- Chegou o momento, Sr. Tsipras, reassuma o controlo do seu país!!


Chegou o momento,  Sr. Tsipras, reassuma o controlo do seu país - Nigel Farage, chefe do Partido da Independência do Reino Unido

Publicado a 2015/08/07
http://www.ukipmeps.org | http://www.ukip.org/join
• Parlamento Europeu, Estrasburgo, 08 de Julho de 2015

Nigel Farage MEP, líder do Partido da Independência do Reino Unido (UKIP), Co-Presidente do  Grupo Europa da Liberdade e da Democracia Directa (EFDD), no Parlamento Europeu - http://www.nigelfaragemep.co.ukNigel_Farage

• Debate: Conclusões do Conselho Europeu (25-26 Junho 2015) e da Cimeira do Euro (7 de Julho de 2015) e a situação actual da Grécia.
Declarações do Conselho Europeu e da Comissão
[2015/2719 (RSP)]
Na presença do Sr. Donald Tusk, Presidente do Conselho Europeu


Transcrição:

1.Obrigado. O que estamos a  ver esta manhã,  nesta câmara e, na verdade, em toda a Europa, é uma diferença cultural irreconciliável entre a Grécia e a Alemanha. Uma divisão entre o Norte e o Sul da Europa. O projecto europeu está realmente a começar a morrer. Ninguém nesta sala irá reconhecer o que os povos da Europa estão a dizer, nunca nos perguntaram se queríamos. Foi-nos imposto e precisamos compreender por que motivo a União Monetária Europeia não funciona. Esses monstros, Kohl e Mitterrand, apoiados pelo inteligente mas perigoso Delors, acreditavam que se estabelecessem uma união económica e monetária, então, assim como a noite segue ao dia,  haveria união política e haveria uma aceitação deste projecto e o Norte e o Sul da Europa iriam convergir. Iríamos começar a amar-nos uns aos outros, começaríamos a sentir uma identidade europeia e iríamos todos começar a demonstrar  fidelidade à bandeira e ao hino.

2. É claro que os que criticaram esta ideia, foram denominados extremistas e com falta de visão. Bem, uma visão que não faltou foi compreender que os países da Europa são diferentes e se tentarem forçar pessoas diferentes e economias diferentes, sem primeiro obter o consentimento dessas pessoas, é improvável que funcione e o plano falhou. Hoje, não estamos a falar apenas da Grécia. Agora todo o Mediterrâneio encontra-se  na moeda errada e, praticamente, ainda ninguém da arena política teve a coragem de se levantar e dizê-lo. Na verdade,  sinto que, neste momento, o continente está dividido de norte a sul. Há um novo muro de Berlim que se chama euro. As velhas inimizades foram retomadas. Basta ouvir a forma como o líder alemão do grupo CDU atacou esta manhã, o Sr. Tsipras. Realmente foi asqueroso, mas mostra o que o Norte e o Sul sentem um pelo outro.

3. Sr. Tsipras, o seu país nunca deveria ter aderido ao euro, acho que você reconhece isso. Mas os grandes bancos, as grandes empresas e a grande política forçou-vos a entrar. A Goldman Sachs e os fabricantes alemães de armas, ficaram todos muito felizes quando os resgates começaram. Esses resgates não eram para o povo grego, eram para os bancos franceses, alemães e italianos. Eles não vos ajudaram de maneira nenhuma. Esses anos de austeridade, anos de elevada taxa de desemprego e aumento da pobreza, nada disso funcionou. Na verdade, a vossa dívida em relação ao PIB passou de 100 por cento no início da crise para 180 por cento, actualmente. Seria loucura continuar neste curso.

4. Você foi muito corajoso. Apelou para o referendo. Quando um de seus predecessores tentou fazer o mesmo, os valentões de Bruxelas afastaram-no. Tentaram fazer o seu melhor novamente, e o Snr. Juncker disse que teriam de deixar o euro e  a União Europeia. Até o Snr. Schulz, presidente do Parlamento, que se deveria pensar que teria de ser neutro, disse que se os gregos votassem não, então os fornecimentos de energia podiam cessar. Houve ameaças e intimidação, mas os gregos mantiveram-se firmes. Mas, você não pode ter o seu bolo/quinhão e comê-lo. Essas pessoas não lhe vão dar mais nada. Eles não podem fazê-lo, porque se lhe derem mais, têm de dar mais aos outros membros da zona do euro.

5. Então, chegou o momento. Francamente, se tiver coragem, deve conduzir o povo grego para fora da Zona Euro, de cabeça erguida. Deve retomar a democracia; reassumir o controlo do seu país. Dê ao seu povo a liderança e a esperança que ele anseia. Sim, vai ser difícil nos primeiros meses, mas com uma moeda desvalorizada e com os amigos da Grécia em todo o mundo, você vai melhorar.


Translator: The Light Journalist










Post a Comment

assange



At midday on Friday 5 February, 2016 Julian Assange, John Jones QC, Melinda Taylor, Jennifer Robinson and Baltasar Garzon will be speaking at a press conference at the Frontline Club on the decision made by the UN Working Group on Arbitrary Detention on the Assange case.

xmas





the way we live

MAN


THE ENTIRE 14:02' INTERVIEW IS AVAILABLE AT

RC



info@exopoliticsportugal.com

BJ 2 FEV


http://benjaminfulfordtranslations.blogspot.pt/


UPDATES ON THURSDAY MORNINGS

AT 08:00h UTC


By choosing to educate ourselves and to spread the word, we can and will build a brighter future.

bj


Report 26:01:2015

BRAZILIAN

CHINESE

CROATIAN

CZECK

ENGLISH

FRENCH

GREEK

GERMAN

ITALIAN

JAPANESE

PORTUGUESE

SPANISH

UPDATES ON THURSDAY MORNINGS

AT 08:00 H GMT


BENJAMIN FULFORD -- jan 19





UPDATES ON THURSDAY MORNINGS

AT 08:00 H GMT

PressTV News Videos