Labels

SUPPORT JULIAN ASSANGE

Friday, July 10, 2015

Réseau Volttaire -- Batalhões islamitas contra Donetsk e Lugansk


Batalhões islamitas contra Donetsk e Lugansk


  

Vários batalhões islamistas incorporaram o campo ucraniano contra as Repúblicas populares de Donetsk e Lugansk.
De acordo com o New York Times, tratar-se-ia dos batalhões Sheikh Manour e Djokhar Dudayev, principalmente compostos por chechenos, vindos da Geórgia e do Usbequistão, e do batalhão Crimeia, composto por tártaros [1].

Estes grupos estão ligados aos nazis do Pravy Sektor e não recebem nenhum salário do governo ucraniano. O diário não encontrou nenhum vestígio de implicação dos E.UA no assunto.
No entanto, como Thierry Meyssan revelara há mais de um ano [2], a CIA coordena os nazis e os islamistas desde o fim da II Guerra Mundial. Em relação à Ucrânia, a CIA organizou um «Congresso anti-imperialista» (leia-se anti-Russo), a 8 de Maio de 2007, em Ternopol (Ucrânia Ocidental), no qual já haviam participado nazis ucranianos e islamitas do Cáucaso. A coordenação que foi montada nesse dia levou Dmytro Yarosh (o chefe do Pravy Sektor) à sua presidência, e recebeu a bênção de Doku Umarov (o quinto presidente do Emirado Islâmico da Itchkéria— quer dizer Chechénia,ndT –-depois Emir do Cáucaso).
Em dezembro de 2013, islamitas Tártaros regressaram subitamente do Próximo-Oriente, onde eles combatiam contra a República Árabe da Síria, afim de enquadrar a revolução colorida da praça Maidan [3].
Além disso, actualmente, os oficiais do Emirado Islâmico no Iraque e no país de Cham foram amplamente substituídos por Chechenos, a tal ponto que o russo se tornou a língua do Estado-Maior do Daesh (Exército Islâmico- ndT) em substituição do árabe.
Tradução
Alva
[1] “Islamic Units Help Ukraine Battle Rebels. Stocked With Chechens Eager to Defy Russia” (Ing- «Unidades Islamistas Ajudam a Ucrânia a Combater Rebeldes. Cheias de Chechenos Desejosos de Desafiar a Rússia»- ndT), Andrew E. Kramer, The New York Times, Julho 8, 2015.
[2] “A CIA coordena nazis e jihadistas”, Thierry Meyssan, Tradução Alva, Al-Watan (Síria), Rede Voltaire, 19 de Maio de 2014.
[3] “Jihadistas asseguram o serviço de ordem às manifestações de Kiev”, Tradução Alva, Rede Voltaire, 8 de Dezembro de 2013.
Post a Comment

assange



At midday on Friday 5 February, 2016 Julian Assange, John Jones QC, Melinda Taylor, Jennifer Robinson and Baltasar Garzon will be speaking at a press conference at the Frontline Club on the decision made by the UN Working Group on Arbitrary Detention on the Assange case.

xmas





the way we live

MAN


THE ENTIRE 14:02' INTERVIEW IS AVAILABLE AT

RC



info@exopoliticsportugal.com

BJ 2 FEV


http://benjaminfulfordtranslations.blogspot.pt/


UPDATES ON THURSDAY MORNINGS

AT 08:00h UTC


By choosing to educate ourselves and to spread the word, we can and will build a brighter future.

bj


Report 26:01:2015

BRAZILIAN

CHINESE

CROATIAN

CZECK

ENGLISH

FRENCH

GREEK

GERMAN

ITALIAN

JAPANESE

PORTUGUESE

SPANISH

UPDATES ON THURSDAY MORNINGS

AT 08:00 H GMT


BENJAMIN FULFORD -- jan 19





UPDATES ON THURSDAY MORNINGS

AT 08:00 H GMT

PressTV News Videos