Labels

SUPPORT JULIAN ASSANGE

Sunday, February 12, 2017

THE SAKER -- O Tenente-Coronel Mikhail Sergeyevich Tolstykh, também conhecido como "Givi", foi assassinado.





10708 Visualizações Fevereiro 08, 2017 140 Comentários


Esta é uma daquelas ocasiões em que, sinceramente, desejaria ter  errado e que os que me criticaram por levantar o alarme após o assassinato de Motorola, tenham tido razão. No entanto, um dos meus piores temores já se materializou: o tenente-coronel Mikhail Sergeyevich Tolstykh, também conhecido como "Givi", foi assassinado.


Isso é o que consegue por não fazer perguntas difíceis e por negar, estupidamente,  que existe um grande problema.


Francamente, estou demasiado abatido para escrever uma análise pessoal. Além disso, o coronel Cassad já disse tudo o que poderia e deveria ser dito, neste momento. Tudo o que vou fazer é oferecer um resumo traduzido das suas conclusões prioritárias:


1. O assassinato está a ser investigado. De momento, não há suspeitos.

2. Considerando que, além de uma única excepção, nenhum dos assassinatos de altas patentes do LNR/DNR foram investigados com êxito - não retenha a respiração.

3. Givi foi morto no seu gabinete por um lança chamas reactivo do tipo RPO-A Smel . Os assassinos sabiam onde estaria Givi e quando estaria lá, o que mostra que ele estava sob observação directa. Os seus guarda-costas e os serviços secretos do DNR parecem desconhecer totalmente esse facto. Quanto aos que o assassinaram, sabiam como entrar e sair sem ser detectados.

4. Givi tinha um papel político secundário, estava muito feliz por ser um comandante táctico e era sabido que  apoiava totalmente Zakharchenko (bem como Putin - gostaria de acrescentar).



Ponto essencial: isto é total e completamente indesculpável.O RPO-A tem um alcance de cerca de 150-400m (dependendo do equipamento em questão e da destreza do operador) e para atingir o gabinete de Givi, os assassinos devem ter tido linha de visão directa. No que me diz respeito, agora muitas cabeças devem rolar, especialmente depois do assassinato de Motorola que deveria ter servido como um despertar muito doloroso para a vergonhosa realidade de que os serviços de segurança e de  contra-informação do DNR são, clara e completamente, disfuncionais. Neste momento, também estou inclinado a culpar a Rússia por não ter continuado a seguir o assassinato da Motorola e restabelecido um mínimo de segurança no DNR /LNR. E para os que me vão acusar de exagerar, vou fazer uma simples pergunta: O que o levaria a admitir que há um problema - você realmente quer ver Zakharchenko morto a seguir?

Quanto à pergunta "Quem o fez?", estou agora a rever a minha avaliação de quão difícil seria montar uma operação como esta e estou a começar a pensar que os ukronazis realmente poderiam estar por trás dela. Inicialmente, tinha descartado essa hipótese devido à notória incompetência da SBU e do resto das organizações terroristas Ukronazi, mas agora estou a começar a acreditar que a "incompetência" dos Ukronazis, especialmente se  for treinada por operadores ocidentais, poderia ser comparada favoravelmente a "competência".

Vou concluir este artigo, repetindo o que escrevi quando  Motorola foi morto: A verdadeira questão não é quem tinha os meios necessários para executar tal operação, mas por que razão alguém teria tido a oportunidade de fazê-lo ?!


Com a  invocação: Ó Cristo, que os Santos deem descanso à alma de Teu servo Mikhail, onde não há dor, nem sofrimento, nem tristeza , mas, sim, a vida eterna.

The Saker


PS: Em termos de consequências, o assassinato de Givi não fará absolutamente nenhuma diferença. Sim, muita gente boa vai chorá-lo, estamos todos de coração partido, mas há já vários anos que Givi não desempenhava um papel crucial na Novorússia, especialmente não em termos militares. Apesar de todas as suas imensas qualidades pessoais, Givi não era um um verdadeiro especialista militar (tanto quanto sei, nenhum dos líderes da Novorussia o é). Assim, os * verdadeiros * cérebros militares por trás da defesa das repúblicas da Novorussia são "pessoas nos bastidores" que você nunca vê na TV, que se formaram em várias academias militares e que têm grande experiência de combate pessoal . E sim, muitos deles provavelmente chegam da Rússia, ou respondem perante ela.


The Essential Saker: from the trenches of the emerging multipolar world
$27.95

Tradutora: Maria Luísa de Vasconcellos

Emil: luisavasconcellos2012@gmail.com
Post a Comment

assange



At midday on Friday 5 February, 2016 Julian Assange, John Jones QC, Melinda Taylor, Jennifer Robinson and Baltasar Garzon will be speaking at a press conference at the Frontline Club on the decision made by the UN Working Group on Arbitrary Detention on the Assange case.

xmas





the way we live

MAN


THE ENTIRE 14:02' INTERVIEW IS AVAILABLE AT

RC



info@exopoliticsportugal.com

BJ 2 FEV


http://benjaminfulfordtranslations.blogspot.pt/


UPDATES ON THURSDAY MORNINGS

AT 08:00h UTC


By choosing to educate ourselves and to spread the word, we can and will build a brighter future.

bj


Report 26:01:2015

BRAZILIAN

CHINESE

CROATIAN

CZECK

ENGLISH

FRENCH

GREEK

GERMAN

ITALIAN

JAPANESE

PORTUGUESE

SPANISH

UPDATES ON THURSDAY MORNINGS

AT 08:00 H GMT


BENJAMIN FULFORD -- jan 19





UPDATES ON THURSDAY MORNINGS

AT 08:00 H GMT

PressTV News Videos